NATAL

VISITE A BELÍSSIMA CAPITAL DO RIO GRANDE DO NORTEL– STPM JOTA MARIA, JOTAEMESHON WHAKYSHON, JULLYETTH BEZERRA, JOTA JÚNIOR E JÚLIA MELISSA – MOSSORÓ-RN
Visualizar

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

O MACHADÃO NÃO PODE SER DEMOLIDO


Sou totalmente a favor que Natal seja uma das sede da Copa do Mundo de 2014, porém, contra a demolição do Estádio Machadão, por três motivos: primeiro, ser cartão portal da capital; segundo, seu grande valor financeiro, somente na última reforma foi investido 17 milhões de reais; terceiro, se porventura, depois de demolido, ocorra uma forte crise financeira ou política no Estado e não seja possível a concretização do projeto da Arena das Dunas. Sou a favor que o estádio seja totalmente reformado, ganhando uma cobertura e que o restante do projeto seja erguido nos terrenos baldios do Centro Administrativo, além de demolir alguns prédios de menor valor cultural e financeiro, como por exemplo, o posto de combustível que abastece os veículos do Governo, a Guarda Patrimonial, Escola e outros. Parece-me que todos os natalenses ficaram hipnotizado com a notícia que Natal será uma das sedes da Copa do Mundo, em 2014 e ninguém pára para analisar o prós e os contra do projeto apresentado pelo governo do Estado junto a FIFA, que realmente é muito bonito, porém, seu local, me perdoe as autoridades natalenses, jamais poderá ser o Machadão e o Centro Administrativo. Aliás, o local pode ser, porém, sem destruição do Machadão, Machadinho e o Centro Administrativo do Governo do Estado. Destruir um patrimônio público no valor de mais de 300 milhões de reais é pura burrice. É queimar nosso dinheiro.
Se Natal não tem outro local para ser erguida a Arena das Dunas que procure uma outra área menos valorizada, como por exemplo uma favela, demolindo-a e construindo-a dignamente verticalmente, caso contrário, que seja construída na Grande Natal, em Parnamirm, Macaíba ou São Gonçalo.
Pensava eu que o povo e os políticos de Natal fosse diferente dos de pequenas cidades do interior do Estado, que costumeiramente ainda usa a triste tática de pensar e agir: “UM COLOCA UM TIJOLO E OUTRO FAZ DE TUDO PARA DESTRUIR AQUELA PEQUININHA OBRA, PARA QUE O ADVERSÁRIO NÃO CRESCA POLÍTICAMENTE, ENQUANTO, O CERTO SERIA: COLOCAR DOIS TIJOLOS, ASSIM FAZENDO, ULTRAPASSARIA O OPOSITOR E A CIDADE CRESCIA. FALEI O POVO, TENDO EM VISTA QUE, O POVO DESSAS CIDADES, FAZ FESTA QUANDO AQUELE POLÍTICO, USANDO NOSSO DINHEIRO, COLOCOU O TIJOLO, COMO TAMBÉM, COMEMORA A DESTRUIÇÃO”( BACURAU x BICUDO), ASSIM VAI ACONTECER EM NATAL, VÃO DESTRUIR UM GRANDE EMPREENDIMENTO, MESMO SABENDO QUE VÃO ERIGIR OUTRO, TALVEZ COM MENOR VALOR, ME REFIRO FINANCEIRA, TENDO EM VISTA QUE A ÁREA PROJETADA PARA SER DEMOLIDA, SE NÃO FOR O MESMO VALOR DA FUTURA OBRA, A DIFERENÇA É MUITO POUCO, ALÉM DO SENTIMENTO DAQUELES, NÃO SEI SE MUITOS OU POUCOS DE NATALENSES QUE AMA DE VERDADE SUA TERRA EM VER PARTE DA CIDADE SENDO DESTRUÍDA, PRINCIPALMENTE, DOS TORCEDORES DE ABC, AMÉRICA E ALECRIM QUE POR QUASE QUATRO DÉCADAS APRENDERAM AMAR O MACHÃDÃO E DE REPENTE O VÊ-LO SER DESTRUÍDO EM SEGUNDOS. NÃO SOU NATALENSE, MAS SÓ EM SABER QUE O MACHÃDÃO, MACHADINHO, VIADUTO, CENTRO ADMINISTRATIVO VÃO SER DESTRUÍDOS, JÁ ESTOU COM O CORAÇÃO QUERENDO SAIR PELA BOCA E DERRAMANDO UM RIO DE LÁGRIMAS, PRIMEIRAMENTE, SOU TOTALMENTE CONTRA A QUALQUER DESTRUIÇÃO E, LEMBRO-ME QUE SE TRATA DO MEU E SEU DINHEIRO. O DINHEIRO PÚBLICO NÃO PERTENCE AOS POLÍTICOS E SIM, É NOSSO. PORTANTO, VOCÊ NATALENSE PODE EVITAR TAMANHA DESTRUIÇÃO SEJA REALIZADA. BASTA QUERER. VOCÊ QUE É CONTRA, PASSE A MOVIMENTAR JUNTAMENTE COM OUTROS E VÃO AS RUAS EXPOR SUAS INDIGNAÇÕES.



ENQUETE



VEJA NA BARRA LATERAL UMA ENQUETE REFERENTE SE VOCÊ NATALENSE É A FAVOR OU A DESFAVOR A DEMOLIÇÃO DO MACHADÃO?


HISTÓRICO DO MACHÃDÃO



O Machadão além de ser um cartão postal da capital, deve ser analisado a luta que muitos natalenses enfrentaram para sua concretização, assim vejamos o depoimento prestado por Moacir Gomes, arquiteto do estádio, publicado no Diário de Natal, edição do 4 de junho de 2002: Uma obra construída com o esforço de muito desportistas de Natal. Foi assim que depois de mais de 10 anos de luta o sonho de se ter um grande estádio na capital do Rio Grande do Norte tornou-se real. Em 1956, quando o arquiteto recém-formado Moacir Gomes retornou do Rio de Janeiro para Natal, um grupo de amigos amantes do esporte encabeçado pelo arquiteto, por João Cláudio Machado e Humberto Nesi juntou-se e foi até o gabinete do então governador do Estado, Silvio Pedroza, para pleitear um terreno para a construção do estádio de futebol.
“NATAL já estava crescendo e precisava de um estádio. Não podia mais viver em função do velho Juvenal Lamartine”, explicou Moacir Gomes. O Terreno, localizado na praia do Forte, onde hoje fica o Circuito Militar, foi doado para a Federação Norte-Rio-Grandende de Desportos (FND). O governador viabilizou recursos para a concepção do projeto do estádio na praia do Forte, mas os entraves políticos não permitiram a continuidade. Silvio Pedroza não foi reeleito e o início (fez seu sucessor) e o início da construção do estádio teve que ser adiado.
Três anos se passaram da primeira tentativa de conseguir convencer ao governo do Estado construir um estádio em Natal. Em 1969, esse mesmo grupo de amigos se reuniu e, desta vez, foram até o governador Dinarte Mariz. Dinarte Mariz doou o terreno, mas também não foi reeleito, estacionando o sonho da construção do estádio.
OS desportistas recorreram ao estão prefeito de Natal, Djalma Maranhão. “Ele era um desportista conhecido e topou. Cercou o terreno, usou um trator para nivelar o terreno e fez um barracão de alvenaria. Mas aí veio a revolução e Djalma foi exilado para o Uruguai. Mas já havia deixado a terraplanagem feita”. O grupo não desistiu. Agnelo Alves assumiu a prefeitura de Natal e mais uma vez estava lá o grupo de amigos “Fomos a Agnelo. Ele arregaçou as mangas e disse: Vamos fazer o estádio. Aí começou a correria”, revelou.



ENTUSIASMO



De acordo com Moacir, a obra começou em janeiro de 1967 movida pelo desejo de ver o estádio construído. “As condições eram mínimas. Trabalhávamos-nos em um barracão com muita poeira areia. Mas todo mundo vivia aquele entusiasmo. Todos os desportistas de Natal participavam”, lembrou.
A prefeitura foi ocupada por Ubiratan Galvão que deu continuidade à obra. Sete meses depois, uma crise política afastou Galvão do Cargo de prefeito de Natal. Assumiu então Jorge Ivan Cascudo. “Ele deu seguimento à obra com a ajuda do governador Cortez Pereira”, relatou. A partir daí a obra foi terceirizada. A empresa Ecocil e a Enac, da Paraíba, se responsabilizaram pela obra.
A obra não andava. Moacir foi ao Rio de Janeiro, com uma carta de apresentação redigida por João Machado, falar com o presidente da então Confederação Brasileira de Desportos (CBF), João Havelange. “A CBF não dinheiro para a continuação da obra”. Mas tomou uma atitude que causou a conclusão do estádio”, disse. “JOÃO HAVELANGE afirmou que, em nome da CBF estaria colocando Natal nas chaves eliminatórias da mini copa do Mundo do próximo ano”. “Aquilo foi uma bomba. O governador e o prefeito deram um jeito e terminam o estádio que foi inaugurado no dia 4 de junho de 1972, com a denominação de Marechal Humberto Castelo Branco (CASTELÃO) e modificado através da Lei de uma lei municipal datada de 23 de junho de 1989, sancionada pela então prefeita de Natal, Vilma Maria de Faria que passou a chamar-se Estádio João Cláudio de Vasconcelos Machadado – o MACHDÃO. A mudança de nome surgiu a partir de um projeto do vereador MARCÍLIO CARRILHO, projeto aprovado na Câmara Municipal com 14 votos favoráveis e apenas um voto contrário.




PROJETO ARQUITETÔNICO


O projeto arquitetônico do estádio João Machado, o Machadão, foi fruto de uma tese de conclusão de curso. Um projeto ousado e de grande complexidade elaborado pelo arquiteto Moacir Gomes. Fascinado por esportes, o então estudante de arquitetura da UFRJ acompanhou passo a passo a construção do maior estádio do mundo, o Maracanã. Um templo do futebol

PATRONO DO MACHADÃO


JOÃO CLÁUDIO VASCONCELOS MACHADO, natural de Natal, nascido a 11 de julho de 1914 e faleceu em sua terra natal, no dia 20 de fevereiro de 1976. Um dos nomes mais populares da era do rádio natalense, com seu programa esportivo “O Corruchiado’, João Machado aliava a essa atividade, empregos burocráticos e uma forte inclinação para a boêmia”.

WILLIAM FEZ O PRIMEIRO GOL NO ANTIGO CASTELÃO, ATUAL MACHADÃO


FONTE: DIÁRIO DE NATAL

EQUIPE TERRAS POTIGUARES NEWS

http://img440.imageshack.us/img440/5965/anigif2ui.gif

PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS

PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS
VOCÊ QUER PESQUISAR, VOCÊ ENCONTRA EM UM ÚNICO LOCAL, NO "PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS", A MAIOR FONTE DE INFORMAÇÕES ANTIGAS E ATUAIS DE MINHA QUERIDA E AMADA TERRA POTIGUAR, COM 25 BLOGS E MAIS DE 2 MIL LINKS. CRIADO A XXVIII - XII - IIMM, PELO STPM JOTA MARIA, COM A COLABORAÇÃO DE JOTAEMESHON WHAKYSHON, JULLYETTH BEZERRA E JOTA JÚNIOR # 100 % NORTE-RIO-GRANDENSE. ACESSE E CONFIRA!

STPM JOTA MARIA

STPM JOTA MARIA
HONESTIDADE, HUMILDADE E SINCERIDADE

Quem sou eu

Minha foto
É o blog da cultura, política, economia, história e de muitas curiosidades regionais, nacionais e mundiais. Pesquisamos, selecionamos, organizamos e mostramos para você, fique atenado no Oeste News, aqui é cultura! SÃO 118 LINKS: SEU MUNICÍPIO - histórico dos 167 municípios potiguares; CONHECENDO O OESTE, MOSSORÓ, APODI - tudo sobre o município de Apodi, com fatos inéditos; MOSSORÓ - conheça a história de minha querida e amada cidade de Mossoró; SOU MOSSOROENSE DE NASCIMENTO e APODIENSE DE CORAÇÃO; JOTAEMESHON WHAKYSHON - curiosidades e assuntos diversos; JULLYETTH BEZERRA - FATOS SOCIAIS, contendo os aniversariantes do mês;JOTA JÚNIOR,contendo todos os governadores do Estado do Rio Grande do Norte, desde 1597 a 2009; CULTURA, POLICIAIS MILITARES, PM-RN, TÚNEL DO TEMPO, REGISTRO E ACONTECIMENTO - principais notícias do mês; MILITARISMO. OUTROS ASSUNTOS, COMO: BIOGRAFIA, ESPORTE, GENEALOGIA, CURIOSIDADES VOCÊ INTERNAUTA ENCONTRARÁ NO BLOG "WEST NEWS", SITE - JOTAMARIA.BLOGSPOT.COM OESTE NEWS - fundado a XXVII - II - MMIX - OESTENEWS.BLOGSPOT.COM - aqui você encontrará tudo (quase) referente a nossa querida e amada terra potiguar. CONFIRA...

134 LINKS

ATENÇÃO INTERNAUTAS: ACESSE ESSES LINKS

VOCÊ NATALENSE TORCE POR QUAL TIME DE FUTEBOL DE NATAL

QUAL FOI O MELHOR PREFEITO DE NATAL - DE DJALMA A CARLOS EDUARDO?

NATALENSE, VOCÊ É CONTRA O A DESFAVOR DA DEMOLIÇÃO DO ESTÁDIO MACHADÃO?

ENQUETE REFERENTE A DEMOLIÇÃO DO ESTÁDIO MACHADÃO

ENQUETE REFERENTE A DEMOLIÇÃO DO ESTÁDIO MACHADÃO