NATAL

VISITE A BELÍSSIMA CAPITAL DO RIO GRANDE DO NORTEL– STPM JOTA MARIA, JOTAEMESHON WHAKYSHON, JULLYETTH BEZERRA, JOTA JÚNIOR E JÚLIA MELISSA – MOSSORÓ-RN
Visualizar

sexta-feira, 15 de maio de 2009

SISTEMA DE SAÚDE DE NATAL

MATERNIDADE JANUÁRIO CICCO

É considerada a mais importante maternidade do Estado.

Foi fundada por Januário Cicco em 19 de março de 1928

e inaugurada em 2 de fevereiro de 1950.
Inicialmente, seu nome era Maternidade de Natal,

mas a partir de 1961 se chama Maternidade

Escola Januário Cicco, em homenagem ao seu fundador.
Está localizada na Avenida Nilo Peçanha,

259 - Bairro Petrópolis, Natal-rn


História
A Maternidade Escola foi idealizada pelo médico Januário Cicco, norte-rio-grandense nascido em São José do Mipibu em 30 de abril de 1881. Formado na Bahia em 1906 com a tese "Do destino dos cadáveres" veio para Natal onde reorganizou a assistência médica, construindo o Hospital de Caridade Juvino Barreto, hoje Hospital Universitário Onofre Lopes. Carecendo de autonomia para seu funcionamento pois o Hospital era de propriedade do Estado, o Dr. Januário Cicco em 1926 criou uma Sociedade de Assistência Hospitalar com a finalidade de administrar o Hospital como serviço terceirizado. Logo depois, fundou a Maternidade de Natal cujas obras tiveram início em 1932.
No início da década de 40, a Maternidade estava pronta para funcionar, mas o esforço de Guerra, representado na Capital do Estado pela construção do Campo de Aviação de Parnamirim com uma base americana, fez com que a Maternidade fosse ocupada como Quartel General das Forças Aliadas e Hospital de Campanha. Com o final da II Guerra Mundial e após intensa campanha o Dr. Januário Cicco conseguiu retomar o prédio, restaurá-lo e colocá-lo para funcionar o que ocorreu somente em 1950. Em 1º de novembro de 1952, falece Januário, passando seu sucessor o Dr. Onofre Lopes a administrar a Sociedade de Assistência Hospitalar, dando continuidade ao sonho de seu fundador.
Sucessivamente a Maternidade de Natal, que em sua inauguração teve sua denominação mudada para Maternidade Januário Cicco, foi administrada pelos Drs. João Tinoco, Joaquim Luz Cunha, Leide Moraes (por 28 anos), Ivis Bezerra e Ivan Lins. O diretor atual é o médico e Professor Adjunto Iaperi Araújo. O Professor Leide Moraes que mais tempo administrou a Maternidade-escola, criou serviços, instalou a cátedra de Obstetrícia, integrou o Departamento de Toco-Ginecologia, estimulou a formação das bases de pesquisa, reformou e adaptou gerações de toco-ginecologistas na região Nordeste.
Hoje a Maternidade escola é Hospital de referência terciária do SUS e funciona como um campo de ensino e aplicação prática para as profissões da área da saúde, cumprindo um meritório trabalho de ensino, pesquisa e atenção à população pobre.



Hospital Dr. João Machado

Av. Alexandrino de Alencar, 1700, Morro Branco, Natal /RN. Fones: (84) 3232 7340/ 7341/ 7389


Referência no tratamento e atenção ao paciente portador de transtorno mental, o Hospital João Machado inclui-se na categoria de hospital de grande porte. Conta atualmente com 169 leitos para internações. Estes, distribuídos entre o pronto-socorro e pavilhões de enfermarias, sendo 111 reservados para os pacientes do sexo masculino e 58 para pacientes do sexo feminino. Oferece também o serviço de Hospital-Dia, que presta atendimento a 30 pacientes de ambos os sexos.O HJM também é classificado como de média complexidade junto ao Sistema Único de Saúde (SUS). Constitui-se como única referência em saúde mental de atenção terciária pública para o RN, sendo atualmente uma unidade reguladora das internações psiquiátricas para os hospitais conveniados ao SUS. Também se caracteriza por seu funcionamento intensivo, em regime integral de 24 horas. Para tanto, presta atendimento através de equipes interdisciplinares nos serviços de pronto-socorro psiquiátrico, enfermarias psiquiátricas, clínica médica e serviços de ambulatório de saúde mental.Foi construído em 1957 nos moldes da psiquiatria asilar. Passa a sofrer, durante os anos 90, influências das lutas sociais. Todo esse processo, no entanto, se iniciou décadas antes pelo movimento da reforma sanitária brasileira. A nova política de assistência culminou com a ampliação do conceito de saúde, efetivando-se em 1988 com a aprovação da Constituição. O HJM inicia, então, um novo processo gradativo de mudanças em sua dinâmica interna. Tanto trabalho contou com a introdução de equipes multiprofissionais logo após a aprovação do Decreto nº 99.244/90. Já a partir de 1991 esses profissionais passam a ser norteados pelas diretrizes da lei nº 10.216 (Lei Paulo Delgado). O código, que dispõe sobre a proteção e os direitos das pessoas portadoras de transtornos mentais, passa a redirecionar o modelo assistencial, até então em vigor. O HJM ainda tem apostado em uma nova política de atenção aos seus pacientes. A mudança de paradigma vai desde a atenção e cuidado humanizado ao abandono do modelo asilar. A mudança, que tomou fôlego após a posse da nova administração, trabalha com a resocialização do paciente portador de transtorno mental. O hospital segue atualmente a perspectiva de garantia do direito básico de cidadania. A meta tem sido atingida, com a experiência de projetos como a Residência Terapêutica. Lá, pacientes podem retornar a um contexto familiar e comunitário através de relações sociais. Outra prática que tem alcançado resultados é a diminuição do período de internação. A permanência média não tem superado os 25 dias de internação.O Hospital João Machado encontra-se em processo de reestruturação e reconstrução com a introdução de 64 leitos de clínica médica. A medida o tornará inclusive suporte, em área clínica, para o Hospital Walfredo Gurgel (maior hospital de urgência do Estado). A iniciativa de oferecer serviços de psiquiatria e clínica médica é embasada pelos atuais preceitos da reforma psiquiátrica em território nacional.


Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel

Av. Sen. Salgado Filho, SN – Tirol – Natal - RN Fones: 84 232 7532 / 7515 / 7516.


O Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel e Pronto Socorro Clóvis Sarinho têm função geral com ênfase para atendimentos de emergência e emergência pelo SUS. É o único hospital público da Região Metropolitana de Natal a manter equipes para atendimento neurológico, neurocirúrgico, ortopédico, queimados, cirurgia plástica, nefrologia, urologia, cirurgia vascular, buço-maxilo-facial e hematologia. Único hospital da rede publica do Rio Grande do Norte que conta com serviço de queimados e ortopedia 24h. Possui 286 leitos, todos cadastrados no SUS com 804 AIHs por mês, uma alta taxa de ocupação e cerca de 1.000 internações por mês, onde 60% dos pacientes internados vêm do interior. Este hospital conta, com 19 leitos para UTI sendo 9 gerais, 5 pediátricos e 5 cardiológicos.
Os principais procedimentos oferecidos pelo Walfredo Gurgel são: ortopedia, clínica-médica, pediatria, cirurgia geral, U.T.I, buco-maxilo-facial, anestesia, laboratório de analises clínicas, raio-x, terapia ocupacional e fisioterapia. Oferecendo ainda: serviços de tomografia computadorizada, ultra-sonografia, endoscopia digestiva, fonoaudiologia, neurologia, neurocirurgia, oftalmologia, otorrinolaringologia.
Por mês, chega a realizar, 460 cirurgias e 450 tomografias computadorizadas.
106 leitos são distribuídos da seguinte forma: 02 leitos para buço-maxilo-facial; 25 para cirurgias em geral; 06 para neurologia; 06 para ortopedia e traumatologia; 30 para clínica geral; 26 para pediatria e 09 UTIs. No 1º ano da gestão atual, ano de 2003, o hospital realizou: 3989 internamentos.
A equipe de plantão é composta por 25 médicos permanentes distribuídos nos 3 turnos (manhã, tarde e noite), distribuídos em: 3 ortopedistas, 4 anestesistas, 4 cirurgiões, 4 clínicos gerais, 4 pediatras, 3 cirurgiões buco-maxilo-facial, 3 urgentistas. Possui ainda uma equipe de profissionais denominada de “sobre-aviso” que podem, a qualquer momento, terem seus serviços solicitados pelo hospital. Esta equipe é composta de: neurologista, neurocirurgião, cirurgião vascular, cirurgião plástico, urologista, hematologista, nefrologista, endoscopista, broncopista, entre outros.
Este hospital é um campo de estágio curricular nos cursos de Enfermagem, Medicina e Farmácia, e Odontologia, tanto para a Universidade Potiguar - UNP quanto para a Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN.
Neste hospital atuam profissionais de diversas categorias como: médicos, psicólogos, auxiliares de enfermagem, enfermeiros, auxiliares de serviço gerais, técnicos de tomografia e traumatologia. Destes profissionais 1600 são funcionários do Estado, 200 são funcionários de empresas terceirizadas que prestam serviço de vigilância e higienização.
No ano de 2003 adquiriu a autonomia financeira, referida aos contratos de manutenção temporária.
O Hospital Walfredo Gurgel realiza, hoje, Os itens e equipamentos hospitalares adquiridos em 2003 agilizam o atual desempenho das atividades profissionais da Saúde e as condições de tratamento dos pacientes, tais como: ampliação e equipação total da UTI, 06 monitores cardíacos, 09 oxímetro de pulso, 02 carros de urgência, 02 desfibriladores, 04 respiradores, ampliação do centro-cirúrgico com equipamentos e sala de recuperação anestésica, 03 camas de recuperação pós-anestésica, 02 mesas de cirurgia, 02 focos cirúrgicos de teto, 02 focos auxiliares; 02 mesas ortopédicas; 02 carros de anestesia; 02 bisturis elétricos; compra de 03 macas de transferência, maca e cadeira de rodas, cadeiras e mesas para consultório médico do pronto socorro entre outros.
As UTIs do Walfredo, atualmente, vêm funcionando em sua plenitude a mais de 2 meses. Está sendo providenciada para implantação a abertura de um centro de tratamento de queimados e enfermaria de observação clinica com 16 leitos.
São servidas, diariamente, mais de 2 mil refeições entre funcionários, pacientes e parentes.
A maior dificuldade encontrada hoje pelo Walfredo Gurgel é o atendimento as patologias crônicas, e que não são de urgência, como por exemplo: Pneumonia e diarréia. Que causam sobrecarga hospitalar.
Como o município de Parnamirim, ainda hoje, não conta com nenhum leito de clinica medica. Todos os pacientes são encaminhados para o Walfredo, assim como todos os outros casos que poderiam ser encaminhados para clinicas medicas da rede de atenção municipal.
Não trabalha com a captação e transplante de órgãos.
Também não atende aos casos de doenças infecto-contagiosas.
Hospital Giselda TrigueiroRua Cônego Monte, SN – Quintas – Natal - RN Fones: 84 3232 -7900 / 7907 / 7909.Hospital de Referência em Doenças Infecto-Contagiosas e Centro de Informação Toxicológica - CIT, o Giselda Trigueiro – em 1950, denominado Hospital Getúlio Vargas, destinado a apenas portadores de Tuberculose - atende, hoje, casos de urgência, dermatologia, pneumologia, pediatria, pronto-socorro 24h, e ambulatório. Conta ainda com as especialidades de tratamento da AIDS, hepatite, hanseníase, tuberculose, tétano, calazar, doenças de Chagas e dengue.
A sua equipe multidisciplinar é formada por cerca de 590 funcionários entre médicos especialistas e enfermeiros, auxiliares de enfermagem, psicólogos (adulto e infantil), assistentes sociais, dentistas e auxiliares de serviços gerais. Os plantões são revezados em turnos de 7 e 12h, com cada equipe composta de aproximadamente 10 pessoas. É um campo de estágio curricular, na área da súde, tanto para a Universidade Potiguar - UNP quanto para a Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN.
Possui programas como: atendimento especializado a pessoas “Convivendo com a Aids”, humanização hospitalar, Visita Domiciliar, Medicina Ocupacional e o Hospital Dia que foi implantado no ano 2003, destinado a portadores do vírus HIV. Através do Hospital Dia o Giselda Trigueiro atende casos, em uma unidade específica, onde o paciente fica internado somente durante o dia ou comparece ao hospital diariamente apenas para tomar medicação que necessita de observação médica. Esses pacientes ainda são beneficiados com serviços odontológicos. O seu serviço de Vigilância Epidemiológica funciona desde 1980 e chega, atualmente, a realizar cerca de 2.000 notificações por ano em suas detecções, que são registradas pelo SINAN – Sistema Nacional de Agravos. O Giselda Trigueiro foi o primeiro hospital do estado a utilizar este sistema. As notificações de Hanseníase HIV/AIDS são realizadas pelos setores especializados, bem como as de Tuberculose atendidas no ambulatório.
Existem atualmente 132 leitos funcionando no Giselda Trigueiro. Sendo 06 leitos para pacientes adultos e 1 infantil em U.T.I, 05 leitos DIA, 25 em pediatria, 31 no Misto I, 18 no Misto II, 31 em Tisiopenumologia e 09 para SAL, incluindo a esses números os leitos de isolamento. O hospital possui 1 sala para pequenas cirurgias.
Todas as sextas-feiras, as 09:30 o hospital promove discussões, com uma média de 40 participantes por evento, sobre todos os casos dos pacientes internados. Qualquer estudante da área de saúde tem acesso as palestras que ocorrem no próprio Giselda. A iniciativa já existe há mais de 10 anos e conta com a organização do professor Marcelo Oliveira, coordenador das palestras e medico da UFRN.
Oferece, ainda, serviços de PPD, laboratório clínico, microbiologia e calonoscopia que além de atender os pacientes do Giselda é oferecida, também, para todos os outros da rede estadual. Atende ultra-sonografia, endoscopia digestiva alta, raio-x, broncoscopia e biopsia de pele. Realizou em novembro de 2003 uma campanha de controle e infecção hospitalar, cujo slogan “MAIS VALE LAVAR AS MAOS, DO QUE SER AGENTE DE CONTAMINAÇAO”, foi selecionado após concurso feito entre os próprios funcionários do hospital.
Uma Farmácia de Dispensação para entregar remédios para hepatite, hanseníase, tuberculose, AIDS e esquistossomose.
Por iniciativa dos próprios funcionários do Giselda, acontece desde janeiro deste ano curso de alfabetização para aqueles funcionários que sabem escrever o nome, mas não sabem nem ler nem escrever. Os cursos são ministrados dentro do próprio hospital e 2 turmas já se formaram desde então.
Ações realizadas em 2003: 9.706 vacinas, 17.336 injeções, 21.179 repousos, 44.192 urgências, 26.955 atendimento ambulatoriais, 28.898, consultas de alta complexidade, 223 acompanhamentos psicológicos, 901 visitas domiciliares, 289 punções lombar, 197 biópsias, 79.141 exames laboratoriais, 8.339 raio-x, 2.984 ultra-sonografias, 517 eletrocardiogramas, 998 fisioterapias, 202 hemoterapia, 28 mitsuda, 424 terapias dermatológicas, 81 coletas para linfa, 04 coletas de material para exame, 85 esofagoscopia, 286 transferências de pacientes,1.836 atendimentos de hanseníase, 1.417 PPD, 671 curativos, 5.803 nebulizações, 57 reuniões por grupo, 125 visitas nível médio, 142 broncoscopia, 17 retiradas de pontos, 51 colonoscopia, 08 coletas lav. brônquios, 1185 atendimentos odontológicos, 04 tratamentos de úlcera, 01 pré-natal,01 reidratação oral, 01 parecentese abdominal, 05 colposcopia, 01 toracocentese, 135 distribuições de medicamento para tuberculose, 159 consultas ginecológicas, 569 consultas pediátricas, 3.389 consultas de enfermagem, 2.661 consultas médicas, 01 drenagem de abcesso, 05 coletas para exames citopatológicos, 06 laringoscopia direta, 03 imobilizações provisórias dos membros superiores, 04 imobilizações provisórias dos membros inferiores e 23 raspagem corano.
O Centro de Informações Toxicológicas do Giselda disponibiliza tele-atendimento gratuito, 24H, 7 dias por semana, para orientações emergenciais em casos de intoxicações por plantas venenosas, animais peçonhentos, medicamentos e substâncias químicas, através do telefone: 232 7969.


HOSPITAL DR. JOSÉ PEDRO BEZERRA

(Hospital Santa Catarina)NatalContatos:

(84) 232-7701/ 7702/ 7721/ 7722/ 7773


O Hospital Dr. José Pedro Bezerra, também conhecido como Hospital Santa Catarina, é o segundo maior da Capital. São oferecidos serviços padrões de um hospital geral: urgências nas especialidades de clínica médica, cirurgia geral, neonatologia, ginecologia e obstetrícia. Além disso, a unidade é maternidade estadual de referência em gestação de alto risco. Há ainda, vários programas que melhoram a qualidade do atendimento.
Localizado na Zona Norte de Natal, o Hospital Santa Catarina recebe uma demanda expressiva de usuários do Sistema de Saúde, pois atende à população dessa região da cidade – que abriga 270 mil habitantes (cerca de um terço da população da capital), assim como ao considerável volume de pacientes oriundos dos municípios da Grande Natal e do interior do Estado.
DESTAQUE - Dentre os programas atualmente em andamento, destacam-se o de aleitamento materno, que faz do Santa Catarina um hospital Amigo da Criança (título concedido pela Unicef) desde 1995, e o de humanização, classificado este ano pelo Ministério da Saúde entre os 48 melhores programas semelhantes das mais de 600 instituições do País. Há também o de Assistência à Vítima de Abuso Sexual (Pavas), mãe-canguru, prevenção congênita à sífilis e à AIDS (projeto Nascer) e a comissão de controle de infecção hospitalar. Em 2004 está prevista ainda a implantação da atenção farmacológica em aleitamento materno.
ATENÇÃO ESPECIAL -As crianças têm lugar reservado no Santa Catarina. Um cuidado que começa com os recém-nascidos, no ambulatório de neonatologia, no programa Mãe Canguru e no Grupo de Apoio ao Bebê Especial (Gabe), para crianças que nascem com problemas congênitos, como os portadores de Síndrome de Down. São oferecidos também atendimentos para casos de urgência e internamento hospitalar para tratamento clínico.
INVESTIMENTOS - Contam-se como últimos investimentos a reforma da lavanderia e a aquisição de equipamentos, entregues pela governadora Wilma de Faria em janeiro deste ano. Os gastos com a lavanderia – parte deles vindos do Governo Federal – totalizaram R$ 87,7 mil, deixando-a reaparelhada, com capacidade para lavar até 1,5 mil quilos de roupa. Para este ano haverá ainda outras melhorias, como a reforma da maternidade – hoje de pequenas proporções para o número de casos atendidos pelo Santa Catarina –, além da implementação de uma sala para os procedimentos de parto humanizado, no qual a mãe terá direito de ter qualquer pessoa da família ao seu lado na hora de dar à luz. Este mês começaram as obras para a nova ala que abrigará a UTI neonatal, que atualmente funciona na antiga sala do berçário.
ESTRUTURA - A unidade, cujo diretor é João Moreira Pinto, conta com uma equipe de plantão permanente constituída por quatro obstetras, dois anestesistas, quatro clínicos gerais, três pediatras, quatro neonatologistas, um intensivista, três bioquímicos, um assistente social, um nutricionista, oito enfermeiros e três cirurgiões de plantão. Há também uma equipe de sobreaviso, para pacientes internados, que trabalha com pareceres de pneumologia, cirurgia vascular, nefrologia e ultra-sonografia.
O edifício sede conta com seis alas, onde se distribuem os alojamentos conjuntos de pediatria/neonatologia; clínica médica/cirúrgica; pronto-socorro; administração; centro-cirúrgico/obstétrico; UTI; serviços de apoio. A unidade está aparelhada com equipamentos de ultra-sonografia, cardiotocógrafo, radiologia e equipamentos de laboratório. O hospital dispõe de 158 leitos e mais doze vagas para UTI, sendo seis para adultos e seis neonatais, contando também com duas salas de cirurgia em total funcionamento.
Os serviços do hospital incluem ainda bancos de leite humano e de sangue, laboratórios de análises clínicas e microbiologia e radiologia. Atualmente são realizados uma média de 16 mil atendimentos e 220 cirurgias por mês.


Hospital Materno Infantil

Maria Alice Fernandes

Rua Pedro Álvares Cabral, Sn – Parque

dos Coqueiros – Natal –RNFones: 84 232 5400


Com capacidade de 76 leitos, equipado com 1 U.T.I, 2 Salas de Cirurgia e 12 alas o Maria Alice Fernandes, hoje com serviços e gestão totalmente pública, oferece, a pacientes infantis, atendimento de pronto-socorro 24h, cirurgia, ambulatório, pneumologia, hematologia, dermatologia e nefrologia, de toda a Região da Grande Natal. Porém qualquer criança, que compõe a região ou não, tem direito a atendimento no hospital.
A Pediatria, atualmente, chega a atender 200 pacientes por dia. São realizados, em media, 8.000 procedimentos e 130 a 250 internamentos mensais.
A alimentação de todos os pacientes (crianças) e parentes (mães) é feita no próprio hospital de acordo com as condições permitidas de tratamento. São servidas, em media, 2.000 refeições por dia.
Sua equipe conta com 345 funcionários, entre enfermeiros, bioquímicos, assistentes sociais e psicólogos. Dentre estes, estão as equipes de plantão que se alternam a cada 12h. Estas equipes são compostas de cirurgiões, anestesistas, pronto-socorristas e enfermeiros, num total de aproximadamente 20 pessoas por escala. A escala de plantão, do pronto-socorro, também se compõe de estagiários - estudantes e residentes da UFRN.
Os únicos serviços não oferecidos pelo Maria Alice são: captação e transplantes de órgãos, casos de AIDS e patologias cerebrais de um modo geral.
Este hospital oferece ainda apoio psicológico, nutricional e assistência social, os quais desenvolvem e acompanham um trabalho constante de orientação com as mães. Além de desenvolver, desde outubro de 2003, ações de prevenção à Saúde Ocupacional para funcionários, que garantem a segurança de seus trabalhos. Os profissionais desta instituição participaram, em 2003, de cursos promovidos pela Sesap em parceria com a Sociedade de Pediatria do Estado e o Ministério da Saúde.
A partir do segundo semestre de 2004 o Maria Alice também funcionará como um Campus de estágio para alunos do curso de medicina da UNP.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

EQUIPE TERRAS POTIGUARES NEWS

http://img440.imageshack.us/img440/5965/anigif2ui.gif

PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS

PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS
VOCÊ QUER PESQUISAR, VOCÊ ENCONTRA EM UM ÚNICO LOCAL, NO "PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS", A MAIOR FONTE DE INFORMAÇÕES ANTIGAS E ATUAIS DE MINHA QUERIDA E AMADA TERRA POTIGUAR, COM 25 BLOGS E MAIS DE 2 MIL LINKS. CRIADO A XXVIII - XII - IIMM, PELO STPM JOTA MARIA, COM A COLABORAÇÃO DE JOTAEMESHON WHAKYSHON, JULLYETTH BEZERRA E JOTA JÚNIOR # 100 % NORTE-RIO-GRANDENSE. ACESSE E CONFIRA!

STPM JOTA MARIA

STPM JOTA MARIA
HONESTIDADE, HUMILDADE E SINCERIDADE

Quem sou eu

Minha foto
É o blog da cultura, política, economia, história e de muitas curiosidades regionais, nacionais e mundiais. Pesquisamos, selecionamos, organizamos e mostramos para você, fique atenado no Oeste News, aqui é cultura! SÃO 118 LINKS: SEU MUNICÍPIO - histórico dos 167 municípios potiguares; CONHECENDO O OESTE, MOSSORÓ, APODI - tudo sobre o município de Apodi, com fatos inéditos; MOSSORÓ - conheça a história de minha querida e amada cidade de Mossoró; SOU MOSSOROENSE DE NASCIMENTO e APODIENSE DE CORAÇÃO; JOTAEMESHON WHAKYSHON - curiosidades e assuntos diversos; JULLYETTH BEZERRA - FATOS SOCIAIS, contendo os aniversariantes do mês;JOTA JÚNIOR,contendo todos os governadores do Estado do Rio Grande do Norte, desde 1597 a 2009; CULTURA, POLICIAIS MILITARES, PM-RN, TÚNEL DO TEMPO, REGISTRO E ACONTECIMENTO - principais notícias do mês; MILITARISMO. OUTROS ASSUNTOS, COMO: BIOGRAFIA, ESPORTE, GENEALOGIA, CURIOSIDADES VOCÊ INTERNAUTA ENCONTRARÁ NO BLOG "WEST NEWS", SITE - JOTAMARIA.BLOGSPOT.COM OESTE NEWS - fundado a XXVII - II - MMIX - OESTENEWS.BLOGSPOT.COM - aqui você encontrará tudo (quase) referente a nossa querida e amada terra potiguar. CONFIRA...

134 LINKS

ATENÇÃO INTERNAUTAS: ACESSE ESSES LINKS

VOCÊ NATALENSE TORCE POR QUAL TIME DE FUTEBOL DE NATAL

QUAL FOI O MELHOR PREFEITO DE NATAL - DE DJALMA A CARLOS EDUARDO?

NATALENSE, VOCÊ É CONTRA O A DESFAVOR DA DEMOLIÇÃO DO ESTÁDIO MACHADÃO?

ENQUETE REFERENTE A DEMOLIÇÃO DO ESTÁDIO MACHADÃO

ENQUETE REFERENTE A DEMOLIÇÃO DO ESTÁDIO MACHADÃO